Cai número de indústrias que esperam investir menos nos próximos meses

Cai número de indústrias que esperam investir menos nos próximos meses

11/09/2014

Fonte: Brasil Econômico |

Cerca de 30% das indústrias esperam investir mais nos próximos 12 meses do que nos 12 meses anteriores. Por outro lado, 23% estimam investir menos. O resultado é da Sondagem de Investimentos da indústria do terceiro trimestre deste ano, divulgada hoje pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O percentual de empresas que esperam investir mais é o mesmo da sondagem anterior, referente ao segundo trimestre deste ano (30%). No entanto, o percentual de indústrias que esperam investir menos cresceu de 21% no segundo trimestre para os 23% do terceiro trimestre. As empresas esperam que, até o fim deste ano, a maior parte dos investimentos virá de recursos próprios (59%). No ano passado, foram 63%. Em segundo lugar, aparecem os empréstimos no Brasil (31%), mais do que os 28% do ano passado. Os empréstimos no exterior responderão por 4% (no ano passado foram 3%) e as outras fontes, por 6% (mesmo percentual do ano passado). Em relação aos últimos 12 meses, o percentual de empresas que investiram menos em relação aos 12 meses imediatamente anteriores (30%) ultrapassou, pela primeira vez desde o início da série da FGV (no terceiro trimestre de 2012), o percentual de empresas que investiram mais (29%). A sondagem foi feita com base em entrevistas com representantes de 699 empresas, entre julho e agosto deste ano.