Smart Living Challenge, competição global de inovação, anuncia selecionados para projeto de mobilidade que será aplicado na UFRJ

Smart Living Challenge, competição global de inovação, anuncia selecionados para projeto de mobilidade que será aplicado na UFRJ

09/06/2015
Foram anunciados hoje, 9, os seis jovens universitários e profissionais brasileiros selecionados para participar do Smart Living Challenge, desafio global de inovação para a promoção de soluções sustentáveis em ambientes urbanos. O campus da UFRJ será o “laboratório vivo” para a aplicação das ideias sobre mobilidade, tema escolhido para o Brasil desenvolver. A ação é fruto de parceria entre o Parque Tecnológico, a Embaixada da Suécia e o laboratório Fundo Verde. As ideias, se bem sucedidas, podem ser replicadas na cidade do Rio de Janeiro. O evento contou com a presença dos 35 candidatos inscritos, que assistiram a palestras do diretor do Parque, Mauricio Guedes, da coordenadora do Fundo Verde, Suzana Kahn, e de vencedores da edição de 2014. O anúncio dos selecionados foi feito por Per-Arne Hjelmborn, embaixador da Suécia no Brasil. Cesar Villada, Marcos de Oliveira Filho, Julianna Paula, Gustavo de Andrade, Pedro Henrique Negreiros e Ana Tarrisse formarão uma equipe que vai desenvolver um projeto de mobilidade a ser aplicado na Cidade Universitária da UFRJ e apresentado na Conferência COP21, da ONU, em dezembro. Para isso, o grupo receberá consultoria virtual de Johanna Olsson, estrategista e designer de processos da instituição educacional sueca Hyper Island. As ideias iniciais apresentadas à banca de seleção abordavam tanto a mobilidade interna da Cidade Universitária quanto a integração do campus com o resto do Rio de Janeiro. O desafio foi dividido em três grandes temas: Transporte (Move), Alimentação (Eat) e Moradia (Live). Em 2015, três países participam: o Brasil focará no tema Transporte; a Sérvia desenvolverá o de Moradia; e a Zâmbia o de Alimentação.