Conceito

foto_000001

O Parque Tecnológico da UFRJ está situado no campus da UFRJ, na Ilha da Cidade Universitária, em uma área de 350 mil metros quadrados. Inaugurado em 2003, o Parque tem o objetivo de estimular a interação entre a Universidade – alunos e corpo acadêmico – e as empresas. Dessa forma, transformando conhecimento em emprego e renda e oferecendo produtos e serviços inovadores para a sociedade.

Hoje estão instalados centros de pesquisa de 16 grandes empresas, 8 pequenas e médias, além de 9 laboratórios da própria UFRJ. No Parque, está instalada também a Incubadora de Empresas da Coppe/UFRJ, que, atualmente, abriga 24 start ups e já formou outras 63 empresas de base tecnológica. Neste ambiente de inovação, encontram-se ainda os centros de pesquisa de outras duas companhias, GE e L´Oréal, localizados na Ilha de Bom Jesus.

Desde a sua inauguração, os investimentos no Parque alcançaram mais de R$ 1 bilhão. Atualmente, cerca de 1.600 pessoas trabalham no Parque.

Missão

Fortalecer a capacidade de inovação do ecossistema para a criação de riqueza e bem-estar da sociedade, em um ambiente de conexões de iniciativas empreendedoras e geração de conhecimento

Valores

Comprometimento com a inovação – Geramos inovações que impactam a melhoria dos ambientes empresarial, social e acadêmico

Colaboração – Conectamos as redes de inovação para geração de conhecimento e tecnologia

Atitude empreendedora – Somos proativos e perseverantes no fortalecimento do ecossistema de inovação

Visão 2045

O Parque Tecnológico é um ambiente dinâmico, diverso e que gera inovações relevantes para o desenvolvimento econômico e socioambiental.

Protagonismo – Postura ativa e antecipatória para dinamizar as redes de inovação globais

Diversidade – Ambiente com diversidade cultural e constituído de empresas nacionais e internacionais de todos os portes, conectadas aos grupos de pesquisa da UFRJ e articuladas a empreendedores e investidores.

Dinamismo – Ambiente com alta capacidade de renovação, cheio de vida, caracterizado pelo dinamismo e leveza.

Governança